By Tracey Chapelton

31 de Jan de 2020 - 15:01

6 livros em inglês que o seu filho tem de ler

Se tem um filho que se encontra na fase do ensino primário e está a procura de formas para o motivar a melhorar o seu inglês, ler livros em conjunto pode ser exatamente aquilo de que necessita.

As vantagens de aprender inglês através dos livros

Todas as crianças gostam de contos, mas sabia que também são uma das melhores maneiras de aprender inglês? Em primeiro lugar, os livros infantis despertam-lhes o interesse porque são agradáveis e divertidos. Os personagens, o cenário e o enredo ajudam as crianças a aprender coisas sobre o mundo à sua volta, impulsionam a sua imaginação e estimulam a sua curiosidade, fazendo-as perguntar a si próprias: “O que vai acontecer a seguir?”.

Um bom livro é como um fio condutor que une tudo e lhes permite aprender muitas coisas ao mesmo tempo. Em primeiro lugar, apresenta as novas palavras no contexto de uma história, o que ajuda as crianças a lembrarem-se melhor delas, graças à estreita relação entre estas e os personagens, o ambiente em que se encontram e a ação; no caso dos contos ilustrados, estas novas palavras aparecem inclusive associadas às ilustrações.

Outro elemento muito interessante é a rima presente em algumas histórias, que ajuda a pronunciar e a escrever corretamente aquelas palavras inglesas complicadas, de uma forma agradável e divertida. A rima também fomenta a memorização das palavras, já que faz com que as crianças se lembrem destas mais facilmente, devido à forma como soam. Para além do vocabulário e pronúncia, ouvir ou ler um conto várias vezes pode ajudar as crianças a assimilarem as estruturas gramaticais, de modo que, quando chegar a hora de estudá-las, já vão saber muitos exemplos que poderão aproveitar. Através das histórias, os jovens leitores também aprendem a seguir um enredo e a ordenar as suas ideias, o que é fundamental para uma boa comunicação.

Mas o vocabulário parece complicado, será que os nossos filhos são capazes de acompanhar a história?

Um dos aspetos mais positivos dos livros para crianças é o facto de incluírem bonitas ilustrações. Se o seu filho não entende algo daquilo que leu ou ouviu, provavelmente conseguirá perceber o que está a acontecer simplesmente através dos desenhos. Não há problema se não conseguir entender todas as palavras: deduzir o significado de um texto é uma capacidade valiosa com vista à compreensão de leitura. Por outro lado, as crianças podem apreciar a história apenas pela forma como esta soa, em vez de se concentrarem no significado das palavras específicas. Muitos contos em inglês proporcionam simplesmente uma boa desculpa para recitar rimas absurdas, rir dos trava-línguas e desfrutar ao ouvir os sons divertidos e estranhos desta língua (e são muitos!). 

Crie uma rotina especial para a leitura

Seja na forma de um conto antes de ir dormir ou aconchegados e quentinhos no sofá, é muito positivo adquirir o hábito de ler em inglês, de modo que as crianças associem essa atividade a algo agradável. Não é preciso complicar muito: pode ser algo tão simples como passar algum tempo com o pai, a mãe ou um dos avós, e o seu filho vai estar ansioso por esse momento.

E se ninguém da família falar inglês?

Se a ideia de ler um conto em inglês ao seu filho em voz alta representa um problema para si, tenha em conta que existem muitas narrações em CD. Podem ouvi-las juntos durante o vosso momento especial dedicado à leitura, mas também podem fazê-lo no carro, durante o caminho para a escola ou para aligeirar uma viagem. E não se esqueça da internet. O sítio Web do British Council dedicado às crianças, LearnEnglish Kids, conta com uma coleção repleta de histórias que o seu filho pode ouvir e ler ao mesmo tempo, e Barefoot Books também oferece uma grande variedade de histórias divertidas online.

Como fazer a escolha certa

Agora que já sabe os benefícios de ler livros em inglês com as crianças e tem algumas pistas sobre como fazê-lo, há que decidir o tipo de histórias a que irá recorrer. O meu conselho é escolher um conto simples, com ilustrações cativantes e relacionado com os interesses do seu filho. Mas, se lhe agrada a si, o mais provável é que agrade igualmente ao seu filho (não há nada mais cativante do que um contador de histórias entusiasmado com o está a interpretar!). Para começar, apresento-lhe alguns dos meus livros preferidos em inglês para crianças do ensino primário de todas as idades:

  • Walking through the Jungle
    Um passeio pela selva
    de Stella Blackstone e ilustrado por Debbie Harter

Este livro leva-nos a fazer uma excursão pela selva, a escalar pela montanha e a nadar pelo oceano. Através de rimas e repetições, o seu filho irá conhecer animais pelos sons que estes emitem, verbos de movimento e cenários exóticos do mundo inteiro. É um dos livros de que mais gosto por ser tão divertido representar as diferentes cenas!

  • There Was an Old Lady Who Swallowed a Fly
    Um dia uma senhora engoliu uma mosca
    conto tradicional

Outro dos meus preferidos. Conta a história de uma velhinha que engoliu uma mosca, e para apanhar a mosca engoliu mais alguns animais, cada vez de maiores dimensões, até que... (não vou estragar-lhes o final). É uma maneira engraçada de aprender nomes de animais e palavras que rimam, com um ritmo que fica no ouvido ao ponto de ser possível cantá-la. Aliás, no sítio Web LearnEnglish Kids é possível encontrá-la em forma de canção.

  • Happy Birthday, Winnie!
    Feliz aniversário, Winnie!
    de Valerie Thomas e ilustrado por Korky Paul

A bruxa Winnie vive numa casa preta com o seu gato preto, Wilbur. Tudo o que ela tem é de cor preta! Neste conto, Winnie celebra o seu aniversário, o que permitirá que o seu filho pratique, sem se aperceber, os dias da semana e aprenda vocabulário em inglês sobre os membros da família, presentes de aniversário, jogos para jogar numa festa e bolos de vários tipos. Mmmm! Também fornece diversas oportunidades para praticar o som do "w".

  • The Tiger Who Came to Tea
    O Tigre Que Veio para o Chá
    de Judith Kerr

Desde a sua publicação em 1968, este conto tem sido um dos favoritas de várias gerações, sendo ainda popular nos dias de hoje. Conta a história de uma menina chamada Sophie e de um tigre que apareceu durante uma tarde para o chá. O tigre come toda a comida e bebe toda a água da casa, e depois vai-se embora e nunca mais volta. É uma boa história para aprender vocabulário relacionado com comida, bebida e objetos da cozinha. Uma narração fantástica e simples, com muitas repetições que facilitam o seguimento e o envolvimento na história.

  • The Smartest Giant in Town
    O gigante mais inteligente da cidade
    de Julia Donaldson e ilustrado por Axel Scheffler

Adoro este conto porque fala às crianças sobre bondade e gratidão, e tem um final feliz. É a história de George, o gigante, das suas novas roupas e de como ele se depara com vários animais que precisam desesperadamente da sua ajuda. Com este livro repleto de palavras que rimam, as crianças aprendem vocabulário relacionado com a roupa e os animais e expressões úteis como “What’s the matter?” (“O que se passa?”), “Cheer up!” (“Anima-te!”) e como dizer “o mais inteligente” (“the smartest”), “o mais amável” (“the kindest”), etc. 

  • The Gigantic Turnip
    O nabo gigante
    de Aleksei Tolstoy e ilustrado por Niamh Sharkey

Este popular livro infantil é um conto tradicional russo. É sobre um homem idoso que planta um nabo, mas este cresce tanto que o homem não consegue tirá-lo da terra sozinho. Então ele pede ajuda à mulher, mas os dois continuam sem conseguir tirá-lo; a história continua acrescentando personagens (os animais da sua quinta), até que finalmente, com a ajuda de todos, eles conseguem tirar o nabo. É uma narração fantástica para aprender os nomes dos animais e legumes, bem como descrições (adjetivos) e ações (verbos) e é bastante divertida de representar. Além disso, recordar a sequência de todos os personagens fomenta a concentração e a memória. Gosto bastante da moral da história: ao trabalharmos juntos, tudo é possível!

 

 

 

18