MAAT - Museu de Arte, Tecnologia e Tecnologia

O nosso trabalho nas áreas de Arquitetura, Design e Moda envolve exposições, seminários, workshops, projetos colaborativos, iniciativas educativas e visitas de especialistas ao Reino Unido, sendo realizado em conjunto com os nossos colegas e parceiros em Portugal. A nossa equipa de especialistas com sede em Londres proporciona aconselhamento e informações sobre as mais recentes tendências da arte contemporânea do Reino Unido

Trabalhamos em parceria com instituições de renome internacional, tais como o MUDE, o MAAT, e a Trienal de Arquitectura de Lisboa. Simultaneamente, colaboramos com pequenas organizações, designers individuais e arquitetos, visando apoiar o desenvolvimento profissional e promover o empreendedorismo.

Back of the Envelope é um projeto e blog do departamento de arquitetura, design e moda do British Council, através do qual divulgamos o desenvolvimento dos nossos projetos a nível mundial e publicamos um relatório sobre o que está a acontecer no Reino Unido.

MAAT Museu de Arte, Tecnologia e Tecnologia
Instalação do grupo de artistas britânicos Semiconductor 

O MAAT – Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia é um museu que cruza três áreas num espaço de debate, de descoberta, de pensamento crítico e de diálogo internacional. Um projeto inovador que coloca em comunicação um novo edifício, desenhado pelo atelier de arquitetura Amanda Levete Architects, e a Central Tejo, um dos exemplos nacionais de arquitetura industrial da primeira metade do século XX, e um dos polos museológicos mais visitados do país.

O MAAT traduz a ambição de apresentar exposições nacionais e internacionais com o contributo de artistas, arquitetos e pensadores contemporâneos. Refletindo sobre grandes temas e tendências atuais, a programação ivisa apresentar no futuro diversos olhares curatoriais sobre a Coleção de Arte da Fundação EDP.

No dia 05 de Outubro 2016, o edifício abriu ao público, com a primeira parte do projeto Utopia/distopia, um novo trabalho de Dominique Gonzalez-Foerster, concebido especialmente para o espaço. Os visitantes tiveram a oportunidade de ver a exposição O Mundo de Charles e Ray Eames, organizado pelo Barbican em Londres, bem como uma das exposições da Trienal de Arquitectura.

O British Council em parceria com o MAAT proporciou a vinda dos artistas britânicos Semiconductor que deram uma masterclass sobre a sua instalação de video. Para mais informações sobre o trabalho dos artistas ver http://semiconductorfilms.com/

Para mais informação sobre o programa do Museu MAAT https://www.maat.pt

2016 – Concurso: Imagina a moda do futuro!

Os participantes tiveram de pensar num objeto de moda (roupa, jóia, ou acessório) a ser melhorado ou ampliado com ajuda de tecnologia. Os concorrentes enviaram um texto curto, ilustração ou video, e os selecionados tiveram a possibilidade de participar em Masterclasses, e os vencedores ganharam uma viagem a Londres para visitar vários ateliers.

Será possível vencer a crise com uma bolsa de 500 euros?

Incluído no programa da 3.ª edição da Trienal de Arquitectura de Lisboa, Crisis Buster foi um projeto que atribuiu subsídios visando projetos de caráter social, comunitário e cultural  para a cidade de Lisboa e os seus habitantes.

O British Council foi um patronos de um dos projetos Crisis Buster: "Juventude na Street", que tinha como objetivo criar um espaço para um grupo de jovens, raparigas com idades compreendidas entre os 10 a 17 anos, no bairro de habitação social da Horta Nova, uma comunidade onde os jovens são deixados sozinhos grande parte do dia sem a supervisão de um adulto. O projeto contemplou a renovação de um espaço comunitário no bairro, renovação concebida por um arquiteto e realizada pelo grupo de jovens.

A Grã-Bretanha na Bienal de Arquitetura de Veneza

Desde 1991, o British Council oficializou a entrada britânica na Bienal de Arquitetura de Veneza. Desde a sua criação, a Bienal tem servido como uma plataforma internacional, muito dinâmica, para a arquitetura e para as questões implícitas fundamentais sobre a sociedade e do espaço. Em 2012, o Pavilhão Britânico foi o anfitrião da Venice Takeaway, que apresentou o trabalho de 10 equipas de arquitetura responsáveis pelo estudo de projetos de todo o mundo. Em 2010, sob a direção do MUF, o Pavilhão apresentou uma exposição intitulada Villa Frankenstein.

Artigo: Evolução Industrial nos setores da tecnologia digital; design e moda no Reino Unido (apenas em inglês)

Crédito de fotografia

©Lara Torres 2011

video still do filme de Moda 'An impossible wardrobe for the invisible' 

Concept and art-direction: Lara Torres | Co-direction: Pedro Fortes
Camera: Pedro fortes | Performer: Joana Areal

Ver também

Ligações externas