British Council Collection banner by Ed Hall
british-council-collection-banner-by-ed-hall.jpg ©

© Ed Hall

Promovemos as artes visuais britânicas através de uma série de atividades e eventos, incluindo exposições itinerantes, oficinas, seminários e conferências.

Há mais de 60 anos que o British Council coleciona obras de arte, artesanato e peças de design para promover a arte britânica no exterior. A coleção tem mais de 8 500 obras de arte de artistas britânicos dos séculos 20 e 21.  A coleção pode ser vista online

A exposição “My Choice” foi um dos projetos mais recentes. As obras de arte que fizeram parte desta exposição foram selecionadas da coleção de arte do British Council por Dame Paula Rego. A exposição esteve presente em Cascais, na Casa das Histórias Paula Rego, no Espaço Fundação EDP Porto e na Casa das Caldeiras em Coimbra. Pode ver online as obras de arte escolhidas por Dame Paula Rego. 

Imagem: British Council Collection Banner by Ed Hall © Ed Hall

“My Choice”: Paula Rego fala sobre a exposição...

O British Council convidou-me a fazer uma seleção de peças para a exposição Thresholds, na Whitechapel Gallery, em Londres. Contei com a ajuda subtil e discreta da encantadora Diana Eccles, conservadora da coleção, e do meu amigo Robert McPherson, a quem devo a minha primeira exposição no Reino Unido, na Air Gallery, em Londres. Mais tarde, tive o prazer de escolher ainda mais peças para uma exposição maior, na Casa das Histórias, em Cascais. 

A coleção do British Council está guardada num armazém, e eu não fazia ideia de quanto teria para ver. Desci alguns degraus, e deparei-me com prateleiras e prateleiras cheias de imagens. Não se pode ver bem as peças nas prateleiras, mas se algo nos chama a atenção tiram-no para fora e vemos o que é, e ficamos sempre, sempre surpreendidos.

Há imagens de todos os tipos, de todas as eras; as primeiríssimas fotografias de Cecil Beaton, os hilariantes vegetais de Graham Sutherland, os maravilhosos Contos de Grimm de David Hockney, e uma criação de Madame Yevonde, a imagem, tão deslumbrante como incongruente, de uma mulher nua que faz um enorme véu de gaze numa velha máquina de coser manual. 

Ao fundo da sala empilhavam-se grandes caixas de cartão negro, cheias de desenhos e gravuras. Tive a impressão de que algumas não eram abertas há anos e anos, de que ninguém havia sequer olhado para elas. Descobri um mundo mágico de lugares lindamente desenhados, casas com janelas de vários tamanhos, paisagens e vistas urbanas, muitas vezes misteriosas. Senti o meu coração palpitar, sem saber ainda a sucessão de surpresas que me esperava; enchi-me de expectativa e encanto. 

Gosto de desenhar. Gosto de olhar para desenhos, de perceber como o desenho aconteceu, o impulso do artista. Era empolgante olhar de perto alguns dos desenhos, seguir as marcas de tinta feitas por Sickert, a linha com que desenha as pernas do homem. Há uma altura em que se pode ver que ele não sabe bem por onde ir, um borrão, como um ligeiro percalço, mas continua em frente mesmo assim, mesmo que se esteja a enganar. O resultado é uma imagem desajeitada, arrebatadora e levemente ameaçadora. Há desenhos maravilhosos nesta coleção. 

Escolhi apenas aquilo de que gostei. Não escolhi imagens por causa do nome do artista ou por serem consideradas historicamente relevantes. Muitas vezes, não sabia quem as tinha feito. Algumas delas, já as vira antes, mas outras não. Adorei essa liberdade de gostar do que via.

Estive lá bastante tempo, e podia ter estado mais, a olhar e a olhar, cheia de prazer. Saí um tanto desarmada mas absolutamente encantada, sem conseguir lembrar-me de algo melhor do que o que tinha visto. Recordo as minhas visitas com grande afeição, e adorei ter sido convidada a fazê-las. Mais e mais encanto, é tudo o que desejo.

Paula Rego

Dezembro 2010

Veja a entrevista de Robert MacPherson à Dame Paula Rego

O Pavilhão Britânico e a Bienal de Veneza

Desde 1938, o British Council dispõe do Pavilhão Britânico em Veneza, comissionamento artistas britânicos na mais antiga e mais prestigiada Bienal Internacional de Arte no mundo.

Ligações externas